Legado da Imigração

LEGADO DA IMIGRAÇÃO

Os imigrantes que passaram por Nova Lima, principalmente os ingleses que estiveram na cidade em maior número, deixaram vários costumes e influências na gastronomia, arquitetura, cultura e lazer. 

São casas em estilo colonial inglês construídas para abrigar os superintendentes e diretores da empresa Saint John Mining Company, os famosos bonserás: casas geminadas construídas para os trabalhadores das minas; o Bicame, aqueduto que conduzia água para a lavagem de minério e muito mais.

Atualmente, esse legado é celebrado com o dia do santo padroeiro da Inglaterra, São Jorge - O Saint George's Day, que também é uma alusão ao nome de George Chalmers, superintendente da mineradora inglesa que deixou um legado cultural e arquitetônico para cidade. Portanto em abril é comemorado o Saint George´s Day - em homenagem à imigração. A data oficial é dia 23/04, mas as festividades acontecem durante todo mês, sendo que em um final de semana de abril, ocorre a Feira Gastronômica do Imigrante: uma feira gastronômica com comida típica e cerveja artesanal dos estilos referente à imigração.

Além dos ingleses, outros povos migraram para Nova Lima e deixaram marcas na cultura da cidade.

SÍRIOS E LIBANESES

Os sírios e libaneses, muitas vezes confundidos com os turcos, vieram para o Brasil para atuar principalmente como mascates. Aqui, em Nova Lima, eles trabalharam com lojas de roupas e tecidos no eixo da rua Santa cruz, os prédios eram construídos com lojas no térreo e suas casas no andar superior. Tais casas foram reformadas perto da metade do século XX, perdendo a características colonial e adquirindo a fachada estilo art deco, legado que deixaram para a cidade. 

 

PORTUGUESES

Foram os primeiros (depois dos indígenas) a pisar no nosso território. Depois de muito tempo de colonização e exploração, a independência veio romper os laços políticos do Brasil com Portugal, mas não os laços fraternos. Ainda hoje, temos tanto a emigração quanto a imigração entre esses países irmãos e nosso município não deixa de ser um destino para nossos irmãos da terrinha.

AFRICANOS

A história dos africanos no Brasil, não é uma história romântica, porém de muito heroísmo. Eles foram trazidos à força e escravizados no nosso território. Em nosso município não foi diferente. Muitos africanos e seus descendentes trabalharam no fundo da mina de Morro Velho. Eles ocuparam a região da Boa Vista e do Rosário, neste último construíram uma igreja em honra à Nossa Senhora do Rosário e ainda nos deixaram vários pratos saborosíssimos como a feijoada. Temos muitos descendentes desses aqui, aliás, são milhares, todos merecem o nosso respeito e admiração.

INGLESES

Os ingleses chegaram em nosso município no século XIX. Vieram para explorar a mina de ouro e acabaram por nos deixar vários legados, entre eles as banquetas, o Bicame, a igreja anglicana (fruto de sua religiosidade), os altares de Aleijadinho que ornamentam a igreja de Nossa Senhora do Pilar. Tais altares foram doados à comunidade por George Chalmers. Esses ingleses também no deixaram a saborosa queca.

ESPANHÓIS

Os espanhóis vieram para cá, também no final do século XIX e início do século XX. O Sr. Castor Cifuentes, nascido no norte da Espanha, região mineradora, fez algumas viagens à sua terra natal para trazer seus conterrâneos para trabalhar nas minas. Quando os espanhóis chegavam, ficavam hospedados no "Solar dos Espanhóis", onde hoje está a Escola Estadual Denis Vale, que era administrado por Castor Cifuentes e sua esposa. Temos várias descendentes desses aqui em Nova Lima, entre eles os Gomez, Garzon, Cifuentes e vários outros.

 

ITALIANOS

Os italianos vieram para o Brasil no final do século XIX quando estava acontecendo a guerra da Unificação Italiana. Muitos desses italianos, que já tinham alguma experiência com mineração, optaram por vir para Nova Lima trabalhar na mina. Temos muitas famílias descendentes desses ainda hoje por aqui, entre eles Liboni, Giorgini, Mozeli, Urbini, konstantin e outros.

 

Copyrights © 2020. Todos os direitos reservados para o Órgão Municipal de Turismo