A Lamparina

Massa folhada e muito coco são ingredientes do doce nova-limense, que foi registrado em 2016, como patrimônio imaterial da cidade.
A tradição remonta ao ano de 1881, quando o então imperador Dom Pedro II visitou a cidade e foi surpreendido com uma adaptação do pastel de Belém (de origem portuguesa). O doce tem esse nome porque colocava-se um pavio embebido em azeite e água que era acendido com fogo.

Copyrights © 2020. Todos os direitos reservados para o Órgão Municipal de Turismo